Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2019

Pesquisadores descobrem sítio arqueológico em UC

Imagem
A expedição envolveu mais de 40 pessoas durante um mês de trabalho (Foto: Divulgação)

A expedição na Floresta Nacional de Tefé envolveu mais de 40 pessoas durante um mês de trabalho e encontrou uma grande quantidade vestígios arqueológicos de pelo menos 5 ocupações humanas diferentes no local.

Uma expedição arqueológica à comunidade Bom Jesus da Ponta da Castanha, na Floresta Nacional de Tefé, no Amazonas, encontrou indícios de que o local pode ter sido habitado por muitas pessoas no passado. Região do Médio Solimões, no estado do Amazonas, pode ter sido densamente povoada antes da chegada dos europeus. A Flona é uma unidade de conservação sob gestão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A expedição envolveu mais de 40 pessoas durante um mês de trabalho e encontrou uma grande quantidade vestígios arqueológicos de pelo menos 5 ocupações humanas diferentes no local. Algumas delas, como as cerâmicas da tradição Pocó podem ser datadas de até 3.000 anos atrás…

Crânios revelam caso de violência pública no Império Inca

Imagem
Os crânios com marcas de violência foram encontrados em 2003 (Foto: Museu Nacional de História Natural do Chile)

Os restos mortais foram encontrados em 2003, mas só agora arqueólogos encontraram uma explicação para o que teria acontecido.

Redação Galileu

Nas ruínas de Iglesia Colorada, uma antiga aldeia inca no Chile, pesquisadores encontraram algo esquisito: quatro crânios, que estavam nos restos do que foi um depósito de lixo, entre restos de comida e fragmentos de cerâmica. Nenhum corpo ou joia estava por perto.

Isso foi em 2003, mas só agora dois pesquisadores do Museu Nacional de História Natural do Chile apresentaram uma explicação para o mistério. A conclusão foi publicada na revista Latin American Antiquity. Os crânios representam um reinado de terror dos incas, em que quatro moradores foram mortos publicamente para colocar medo na população.

O período entre o final dos anos 1400 e o início dos anos 1500 foi tumultuado para grande parte da América do Sul. Durante esses anos, o…

Suspenden en Francia venta de pieza maya reclamada por Guatemala

Imagem
Una pieza arqueológica de Guatemala no fue subastada en Francia por reclamo del Gobierno. Foto: Cuenta de Twitter @soy_502

Agencia AFP

El Ministerio de Cultura de Guatemala anunció este jueves 12 de septiembre de 2019 la suspensión de la venta en subasta en Francia del fragmento de una estela arqueológica maya que data del período clásico (250-900 d. C.) .

“La casa de subastas Millon Drouot de Francia suspendió la venta de una pieza prehispánica perteneciente al patrimonio cultural de Guatemala, luego de las acciones emprendidas por el gobierno de la República”, señaló la cartera en un comunicado.

En agosto, el ministerio reclamó a París la pieza, una estela arqueológica del sitio prehispánico Piedras Negras, en el norteño departamento de Petén, fronterizo con México y Belice.


Según el gobierno guatemalteco, la pieza en la casa de subastas parisina tenía un precio inicial entre USD 27 000 y 38 000.

“Las acciones institucionales continúan y se busca que la pieza prehispánica sea repa…

Lo que revelan los nuevos hallazgos en Vichama sobre las dificultades climáticas en el antiguo Perú

Imagem
El sapo, en la cosmovisión andina, es un ícono relacionado con las lluvias y el agua del río, imprescindibles para la agricultura. (Foto: Difusión)

Un nuevo relieve escultórico de hace 3800 años que muestra un "sapo humanizado" y una cabeza antropomorfa representaría "el anuncio de la llegada del agua"

Redacción EC

Nuevos relieves escultóricos, ubicados en uno de los edificios públicos ceremoniales de Vichama, en Huaura, revelarían la relación de los antiguos pobladores de esa zona y las dificultades causas por el cambio climático que tuvieron que atravesar, informó Ruth Shady Solís, directora de la Zona Arqueológica Caral (ZAC).

Uno de los relieves descubiertos, que tendría una antigüedad de 3800 años, consiste en un “sapo humanizado” con los brazos extendidos sobre una cabeza antropomorfa, que tiene los ojos cerrados.

Según Shady, la escena representaría “el anuncio de la llegada del agua". El sapo, en la cosmovisión andina, es un ícono relacionado con las l…

O Chocolate mais antigo do mundo?

Imagem
Saiu a nova crônica da Coluna América Misteriosa!!!
Passa lá para conferir: https://www.pagina3.com.br/coluna/americamisteriosa

Peru. Descobertos ossos de 227 crianças sacrificadas pela civilização Chimú há 500 anos

Imagem
Vista aérea dos vestígios da antiga cidade de Chan Chan, capital do império Chimú. AFP/Getty Images

As crianças eram sacrificadas pelos Chimú para pedir aos deuses o fim de desastres naturais relacionados com o El Niño. Entre 1200 e 1450 foram feitos ali pelo menos quatro sacrifícios em massa.

Foram descobertos no Peru ossos de 227 crianças entre os 4 e os 12 anos, que foram sacrificadas entre os séculos XIII e XV, noticiou a agência de notícias peruana Andina. As crianças terão sido sacrificadas, juntamente com cerca de 40 guerreiros adultos, pela civilização Chimú — que habitava o Peru antes da conquista pelos Incas —, numa tentativa de impedir os desastres provocados pelo El Niño. Esta é a maior descoberta arqueológica de sempre de um sacrifício ritual de crianças.

Os sacrifícios humanos eram uma prática comum naquela civilização e entre 1200 e 1450 terão sido feitos pelos menos quatro sacrifícios em massa, três deles com crianças. Feren Castillo, um dos arqueólogos responsáveis pel…

Finalmente encontrado vulcão colossal por trás do 'misterioso' resfriamento global

Imagem
O tranquilo Lago de Ilopango é a caldeira do complexo vulcânico do Ilopango, que produziu, no ano de 539 ou 540 d.C., uma das maiores erupções vulcânicas dos últimos 7 mil anos. O lago também existia na época; quando a lava ferveu a água do lago, a erupção ficou ainda mais explosiva. FOTO DE JON ARNOLD IMAGES LTD, ALAMY STOCK PHOTO

A erupção devastou povoados maias e destruiu plantações em todo o mundo.

O gelo da Groenlândia e da Antártida possuem as marcas de um monstro: uma gigantesca erupção vulcânica ocorrida no ano de 539 ou 540 d.C. que matou dezenas de milhares de pessoas e colaborou com o desencadeamento de um dos piores períodos de resfriamento global dos últimos 2 mil anos. Agora, após anos de buscas, uma equipe de cientistas finalmente localizou a origem da erupção.

A pesquisa da equipe, publicada na revista científica Quaternary Science Reviews, apresenta novas evidências que ligam o desastre natural ao Ilopango, um vulcão atualmente adormecido em El Salvador. Os pesquisado…