Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

Pescador e antropólogo mostra os mistérios arqueológicos da Ilha de Santa Catarina

Imagem
Adnir em uma das pedras estudadas na trilha da Galheta. Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense

Pescador da Fortaleza da Barra decidiu ir atrás das histórias das inscrições registradas nas pedras de parte do litoral catarinense

Rafael Thomé
rafael.thome@somosnsc.com.br

Pescar das gravuras rupestres e dos monumentos megalíticos uma mensagem para a vida. Este é o propósito de Adnir Antonio Ramos, pescador da Fortaleza da Barra, em Florianópolis, que em 1986 decidiu estudar biblioteconomia e antropologia para tentar entender o que significavam aquelas inscrições nas pedras que tanto via quando saía para fisgar peixes. Agora, ele se prepara para lançar o livro Divino Gênese sobre a história destas misteriosas mensagens que remontam a cerca de 10 mil anos atrás.

Conta Adnir que os morros e costões do litoral de SC escondem desenhos rupestres e observatórios astronômicos que podem conter uma mensagem sobre o ciclo da vida e o futuro da humanidade. Milhares de anos antes da chegada do ba…

O mistério dos geoglifos gaúchos

Imagem
Já saiu a 62ª crônica da Coluna AMÉRICA MISTERIOSA!!!
Passa lá para conferir!!!

https://www.pagina3.com.br/coluna/americamisteriosa

Descubren un mural de 3 800 años en zona arqueológica del Perú

Imagem
En el muro, de 2,8metros de ancho y un metro de largo, se observan cuatro cabezas humanas con los ojos cerrados que son rodeadas por dos serpientes. Foto: Captura

Agencia DPA

Un mural de unos 3 800 años de antigüedad con relieves de serpientes y cabezas humanas fue descubierto en el sitio arqueológico Vichama, en el departamento de Lima, informó hoy (16 de agosto del 2018) la agencia estatal de noticias Andina.

Los arquéologos creen que los habitantes de Vichama, ciudad que surgió con el éxodo de la civilización prehispánica Caral (la más antigua de América), simbolizaron en el muro la fertilización de la tierra, en momentos en que luchaban contra la escasez de agua y el cambio climático.

En el muro, de 2,8metros de ancho y un metro de largo, se observan cuatro cabezas humanas con los ojos cerrados que son rodeadas por dos serpientes.

Los animales, característicos de las culturas andinas, convergen en un personaje principal del que se cree que es una semilla humanizada. "Las se…

Iskanwaya renace después de estar 30 años en el olvido

Imagem
Pobladores de Aucapata el día del lanzamiento del proyecto en el complejo arqueológico de Iskanwaya. Foto: Freddy Barragán / Página Siete

Es uno de los complejos arqueológicos más importantes que existen en La Paz, no sólo por las características monumentales que tiene, sino por su ubicación.

Por Manuel Filomeno / Iskanwaya

La ciudadela preincaica de Iskanwaya renace hoy con un proyecto de la Gobernación de La Paz para su restauración y conservación. El plan integral prevé retomar las investigaciones arqueológicas en el sitio, que ha estado en el abandono durante tres décadas.

El camino a Iskanwaya no es llano. Se requiere paciencia y destreza en el volante para atravesar los más de 325 kilómetros que separan a la ciudad de La Paz de las imponentes ruinas prehispánicas encaramadas en una montaña sobre el río Llica.

El periodo más importante para la investigación en Iskanwaya se dio en las décadas de los 70 y 80. Esos estudios fueron impulsados por Carlos Ponce Sanjinés, quien, ju…

Cientistas descobrem técnicas agrícolas milenares no entorno do 'Stonehenge da Amazônia', no Amapá

Imagem
Estrutura mais famosa na região foi construída por índios em Calçoene (Foto: Mariana Cabral/Iepa)

Pesquisadores apontam que povos da região desenvolveram desde o ano 900 produções elevadas do solo para evitar perdas com o período chuvoso. Monumento servia de guia para épocas de plantio.

Por John Pacheco, G1 AP, Macapá

A descoberta recente de sistemas de produção agrícola bastante avançados reabrem as pesquisas sobre os povos que viveram há mais de 1 mil anos no Norte do Amapá. Os indígenas elaboraram uma técnica de plantações elevadas que garantia o plantio de grãos e raízes mesmo em áreas alagadas em função do longo período chuvoso na região, que compreende atualmente ao território dos municípios de Calçoene, Amapá, Pracuúba e Oiapoque.

Os estudos foram feitos pelo Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa), em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Os povos que elaboraram o sistema de plantio construíram vários…

MEMORIAL LANÇA O PROJETO ORIGENS, SÉRIE DE DEBATES SOBRE A AMÉRICA LATINA. ESPELHO ENTERRADO É O PRIMEIRO

Imagem
Fundação Memorial da América Latina apresenta o curso Espelho Enterrado: culturas ameríndias, europeias e africanas em ebulição, organizado pelo Centro Brasileiro de Estudos da América Latina (CBEAL) e a editora librería española e hispano-americana. Sempre às segundas-feiras, são cinco encontros coordenados pelo editor argentino Victor Barrionueovo, com a participação de convidados. A inscrição é gratuita. Basta enviar um e-mail para cursos@memorial.org.br se apresentando e dizendo por que quer participar. Quem comparecer a pelo menos três aulas terá direito ao certificado.

Este ciclo marca o lançamento do projeto “Origens: debates sobre a América Latina”, que acontecerá às segundas-feiras no Memorial. Promovido pelo CBEAL, o Projeto Origens convidará palestrantes para discutir aspectos da cultura latino-americana nos campos das artes e das ciências humanas.

O primeiro encontro, no dia 20 de agosto, será especial, pois encerrará o Festival das Nações Latino-Americanas. Sob o format…

Arqueólogos acreditam ter achado cidade subterrânea pré-inca na Bolívia

Imagem
Em 2009, escavadores descansam nas ruínas de Tiawanaku - DAVID MERCADO / Reuters

Área fora do Patrimônio Cultural da Humanidade erá escavada para confirmar suspeita

LA PAZ — Antropólogos bolivianos descobriram o que parece ser uma cidadela subterrânea fora do perímetro do centro cerimonial pré-incaico de Tiwanaku, Patrimônio Cultural da Humanidade, com uma extensão tamanha que sua escavação levaria pelo menos 50 anos, anunciou neste sábado o Ministério da Cultura.

"Com os novos dados obtidos com a ajuda da tecnologia de câmeras de precisão que tiraram fotografias do alto, e de infravermelho, descobriu-se uma cidadela pré-hispânica localizada fora do perímetro arqueológico, onde se detectou que existe uma praça subterrânea e até duas plataformas do que se considera ser uma pirâmide", assinala um boletim enviado à AFP.

A descoberta aconteceu durante os trabalhos de preservação e conservação de Tiwanaku, realizados com a cooperação do Japão e da Unesco.

"Serão feitas escava…

Povos amazônicos domesticaram plantas há 6 mil anos

Imagem
Os arqueólogos acreditam que, por mais de 9 mil anos, povos foram atraídos à região da Cachoeiro do Teotonio, em Rondônia, graças a abundância de peixes e ser um ponto de parada obrigatória para quem viaja de barcos pelo Rio Madeira. Em 2011, moradores da vila de Teotônio foram forçados a deixar o local para construção de uma barragem, que inundou a vila e a cachoeira. Crédito: Eduardo Neves.

Por Vandré Fonseca

Manaus, AM – Achados arqueológicos menores do que um grão de areia, que só podem ser vistos em um microscópio, reforçam a tese de que a região do Alto Rio Madeira, no Sudeste da Amazônia, foi um importante polo de domesticação de plantas, em tempos remotos.

Os resultados dos estudos, publicados nesta quarta-feira (25 de julho), no jornal científico on-line PLOS ONE, demonstram também que as antigas populações já provocavam mudanças na paisagem da floresta naquela época.

Análises genéticas já indicavam que a região teve um papel chave na domesticação de plantas na América, datan…