sexta-feira, 29 de junho de 2012

EXPEDIÇÃO NA SELVA DE RONDÔNIA: O DESCOBRIMENTO DA FORTALEZA DO RIO MADEIRA

Vários escritores espanhóis dos séculos XVI e XVII descreveram sobre a expansão dos Incas em direção à Amazônia, para um poderoso reino ou talvez uma confederação de tribos denominadas “Paititi”.

Esta terra lendária, cuja etnia dominante estava atrelada com os Moxos, situava-se ao nordeste do Rio Guaporé, atualmente território brasileiro.

O primeiro texto que descreve as conquistas de Pachacútec na selva baixa amazônica é “Relacion de los Quipucamayos a Vaca de Castro” (1544), em que se menciona a construção de duas fortalezas nas planícies amazônicas com o objetivo de delimitar e controlar os povos que viviam além da fronteira.

O bispo espanhol de La Paz, Nicolás de Armentia (1845-1909) descreveu sobre a edificação de duas fortalezas em seu livro “Descrição do território das missões franciscanas de Apolobamba”. Registro aqui uma passagem:

… (O Inca) acabou de se comunicar com o Grande Senhor do Pititi e por intermédio dos presentes, e a mando do Inga que fizesse junto ao Rio de Paititi duas fortalezas em seu nome e em sua homenagem dando conta que havia chegado nesse local sua gente...

LEI A MATÉRIA COMPLETA EM:
http://www.yurileveratto.com/po/articolo.php?Id=179

Nenhum comentário:

Postar um comentário