sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Pintura rupestre é danificada na zona de entorno da Serra da Capivara


O sítio arqueológico conhecido como Toca do João Pimenta da Serra Vermelha, na zona de entorno do Parque Nacional Serra da Capivara, nas proximidades do circuito turístico do Baixão das Andorinhas, foi danificada por vândalos. A comprovação foi feita pela chefe da unidade de conservação, Melina Rangel, que esteve no local com uma equipe do ICMBIO. O crime deve ser comunicado à direção do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em Teresina, nos próximos dias. O órgão é o responsável pela integridade dos sítios arqueológicos. Ao saber do fato, a pesquisadora Niéde Guidon, 83 anos, diretora da Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM), disse que vai alertar as autoridades dos riscos que o patrimônio cultural sofre na área.

Para ela, se a Justiça Federal em São Raimundo Nonato liberasse os recursos solicitados pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a FUMDHAM poderia contratar equipes de vigilância para fiscalizar toda a zona de entorno do Parque Nacional Serra da Capivara, onde além dos sítios arqueológicos, existem animais extremamente ameaçados no semiárido como o macaco¬guariba e a arara¬vermelha. Nos últimos anos a região conhecida como “Canoas da Serra Vermelha”, passou a receber um grande fluxo de visitantes, todos sem o acompanhamento de um guia credenciado pelo ICMBIO. O resultado foi uma série de agressões à natureza local. Na vistoria realizada pelo órgão ambiental, além da danificação da pintura rupestre, ficou constatado fogo, lixo, danificação das trilhas de pedestres, entre outras irregularidades. A pintura danificada foi destaque no livro "Imagens da Pré¬História" de autoria da antropóloga visual Anne¬Marie Pessis. O local é considerado de extrema importância pela qualidade das figuras representadas e pela temática explorada pelos artistas do passado.

Com informações portalsrn

Fonte: http://cidadeverde.com/saoraimundononato/80670/pintura-rupestre-e-danificada-na-zona-de-entorno-da-serra-da-capivara (05/12/2016)

Nenhum comentário:

Postar um comentário