terça-feira, 21 de abril de 2015

Geoglifos do Acre podem virar Patrimônio Mundial da Humanidade

Geoglifos em terras desmatadas no Acre Sanna Saunaluoma / Wikimedia Commons

Desenhos no solo acriano foram incluídos pela Unesco na “Lista Indicativa Brasileira do Patrimônio Mundial”

O Tarde Nacional desta quinta-feira (16) falou sobre os Geoglifos do Acre. Geoglifos são figuras geométricas feitas no solo há cerca de 2 mil anos, sendo geralmente avistados de grandes alturas, já que têm tamanho correspondente a um campo de futebol. Eles podem ser formados pela escavação do solo ou pela disposição organizada de pedras, cascalhos ou terra.

Recentemente os Geoglifos do Acre foram incluídos pela Unesco na “Lista Indicativa Brasileira do Patrimônio Mundial”, podendo ser, futuramente, apresentados ao Comitê do Patrimônio Mundial como candidatos ao título de “Patrimônio Mundial da Humanidade”.

Além deles, outros 5 bens culturais brasieliros integram a lista: os Teatros da Amazônia (AM, PA), Itacoatiaras do Rio Ingá (PB), Barragem do Cedro nos Monólitos de Quixadá (CE), Sítio Roberto Burle Marx (RJ) e o Conjunto de Fortificações do Brasil (AP, AM, RO, MS, SP, SC, RJ, BA, PE, RN).

Sobre o assunto, o Tarde Nacional conversou com o arqueólogo e diretor-presidente do Instituto de Arqueologia Brasileira (IAB), Ondemar Dias Júnior. Ele falou das várias teorias existentes sobre a origem dos Geoglifos e sobre o que nossos antepassados queriam comunicar com os desenhos.

Ondemar, que em 1977 fez as primeiras descobertas dos Geoglifos na região, também comentou o fato de a preservação desses bens culturais estar muito mais nas mãos das comunidades locais do que na responsabilidade de órgãos fiscalizadores.

O programa Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya.

Produtor
Juliana Maya e Roberta Timponi

Fonte: http://radios.ebc.com.br/tarde-nacional/edicao/2015-04/geoglifos-do-acre-poderao-ser-patrimonio-mundial-da-humanidade (16/04/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário