quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Guerras podem ter ocasionado o surgimento de civilizações

Por Stephanie D’Ornelas
stephanie@hiperciencia.com

Será que as guerras podem resultar em alguma coisa positiva? Novas descobertas arqueológicas no Peru indicam que sim: civilizações podem ter surgido motivadas por conflitos entre diferentes estados.

Esse pode ser o caso da primeira civilização da bacia do Titicaca, no sul do Peru. Ela pode ter se desenvolvido graças a uma guerra desencadeada por conflitos políticos, entre o século V a.C. e o primeiro século d.C.

Pesquisadores usaram evidências arqueológicas da bacia, que abrigou uma série de prósperas e complexas sociedades, para traçar a evolução dos dois maiores estados dominantes na região: Taraco e Pukura.

Escavações em Taraco, realizadas entre 2004 e 2006, mostraram sinais de um grande incêndio que se alastrou em algum momento do primeiro século d.C., reduzindo grande parte do que foi um estado a cinzas e escombros. Os pesquisadores acreditam que o incêndio foi resultado de uma guerra, e não um acidente ou ritual, devido à amplitude e extensão da destruição.

Evidências iconográficas em pedras, tecidos e cerâmica sugerem que a destruição de Taraco foi precedida por vários séculos de invasões. As provas incluem representações de cabeças seguradas como troféus e indivíduos vestidos com peles de felinos decapitando pessoas.

A queda de Taraco, que foi lar de cerca de cinco mil pessoas, coincidiu com a ascensão de seus vizinhos de Pukara como a força política dominante na região. Os pesquisadores acreditam que a guerra entre os dois estados poderia ter levado a ataques surpresas que moldaram as primeiras paisagens políticas do norte da bacia do Titicaca.

Habitada entre 500 a.C. e 200 d.C, Pukara foi o primeiro centro populacional nas regiões montanhosas dos Andes. Durante o seu auge, foi habitada por aproximadamente 10 mil pessoas, incluindo burocratas, sacerdotes, artesãos, agricultores, pastores e possivelmente guerreiros.

As ruínas da civilização incluem impressionantes esculturas monolíticas com variedade de imagens geométricas, zoomórficas e antropomórficas, e ainda cerâmicas multicoloridas usadas em rituais ou para uso doméstico.

A guerra pode ter desempenhado um papel civilizador semelhante na Mesoamérica e na Mesopotâmia. Para testar as novas teorias do surgimento das civilizações, pesquisadores começarão um projeto no próximo ano em um sítio neolítico na Armênia.

Fonte: http://hypescience.com/guerras-podem-ter-ocasionado-o-surgimento-de-civilizacoes/ (28/07/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário