quarta-feira, 28 de julho de 2010

IPHAN comemora o 'dia do arqueólogo' com inovação tecnológica

Em comemoração ao Dia do Arqueólogo, comemorado nesta segunda (26) o Centro Nacional de Arqueologia – CNA do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan está lançando o Banco de Portarias Arqueológicas.

Trata-se de um banco de dados que possibilita a consulta de documentos de interesse da área publicados no Diário Oficial da União – DOU. O banco de dados pode ser acessado pelo link http://sistemas.iphan.gov.br/sgpa/. Também é possível ter acesso à versão eletrônica do Cadastro Nacional de Sítios Arqueológicos, dentro do Sistema de Gerenciamento de Patrimônio Arqueológico – SGPA.

Para Beto Bertagna, Superintendente do IPHAN em Rondônia “a consulta aos quase 400 sítios já registrados no Estado permite um avanço na pesquisa arqueológica, pela facilidade que proporciona ao pesquisador o acesso aos dados cadastrados.”

Segundo Bertagna, “o IPHAN não tem medido esforços para expandir a nova fronteira científica do noroeste do Brasil que é a Arqueologia.” “Procuramos estar sempre em sintonia com a sociedade, prova disto é o sobrevôo que realizaremos na primeira semana de agosto, com a coordenação do arqueólogo Francisco Pugliese Jr. na tentativa de confirmar a existência de geoglifos na área central de Rondônia” – finalizou Bertagna.

Concebido em 1997, o SGPA tem com o objetivo estabelecer padrões nacionais no âmbito da identificação dos sítios, das coleções arqueológicas e do registro da documentação arqueológica produzida, subsidiando as ações de gerenciamento em atendimento ao que preconiza a Lei n° 3.924/61.

Sua arquitetura foi idealizada para ser implementada em módulos, compreendendo o Cadastro Nacional de Sítios Arqueológicos; Banco de Imagens; o Inventário Nacional das Coleções Arqueológicas – INCA, Projetos e Relatórios de Pesquisa Arqueológica – PPA/RPA. Atualmente, o sistemas possui 17,5 mil sítios cadastrados e registra mais de 61,2 mil consultas.

Bertagna aproveitou para parabenizar as centenas de arqueólogos em atividade no Estado, que estão contribuindo para o desenvolvimento da pesquisa e da ciência em Rondônia.

Fonte: Iphan Rondônia

Nenhum comentário:

Postar um comentário