terça-feira, 20 de julho de 2010

Peru: encontrada tumba de 1,2 mil anos da civilização Sicán

Arqueólogos peruanos afirmam ter descoberto uma tumba de um nobre da cultura Sicán que viveu há 1,2 mil anos. Segundo os cientistas, os restos mortais descobertos pertenciam a um oficial de alto escalão. As informações são da agência Andina.

Os pesquisadores afirmam que a tumba foi descoberta a 1,5 mil m de altitude e a oeste da tumba do "senhor de Sicán" - que reinou cerca de um século depois -, em Huaca Las Ventanas. O antigo nobre foi enterrado na posição de lótus (sentado e com as pernas cruzadas) e ainda foram descobertos uma máscara, uma faca cerimonial e um copo de metal.

Ainda de acordo com a agência, foram encontrados também um peitoral feito com coral colorido, sete objetos de cerâmica e um de ouro com a imagem de um pássaro, símbolo da civilização Sicán. Os arqueólogos que fizeram a descoberta disseram que é um milagre encontrar a tumba por causa do poder de erosão do rio La Leches e de uma barragem que é construída na região.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/ (19/07/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário