domingo, 10 de julho de 2011

Peru comemora os 100 anos da revelação de Machu Picchu ao mundo

MACHU PICCHU, Peru(AFP) -O Peru comemora 100 anos da descoberta de Machu Picchu, a cidade que marcou o apogeu da civilização inca, com uma festa que inclui a iluminação inédita e total da cidadela.

Uma festa de luzes e cores está sendo preparada para a noite desta quinta-feira por parte das autoridades peruanas em homenagem a este santuário arqueológico, construído no século XV pelo imperador inca Pachacútec e declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, em 1983.

O que se comemora é a chegada do explorador americano Hiram Bingham à cidade e sua consequente descoberta científica, no dia 24 de julho de 1911.

O aguardado espetáculo noturno desta quinta-feira, coordenado pelo diretor teatral Luis Llosa, vai iluminar totalmente a cidade pela primeira vez na história.

Trata-se de uma comemoração limitada, como solicitou a UNESCO, que nos últimos anos tem expressado em várias ocasiões a preocupação com os efeitos ao sítio arqueológico de grande fluxo de turistas e das obras de infraestrutura ao redor.

Normalmente, há um limite de acesso ao sítio de 1.800 pessoas, mas nesta quinta-feira só serão permitidas a entrada de 790 visitantes durante o dia e 200 para a cerimônia noturna.

O centenário da cidade é também uma oportunidade de destacar o mérito de Bingham. Alguns dizem que a publicação de seu achado na revista National Geographic, tornou Machu Picchu um dos ícones da arqueologia mundial.

No entanto, o nome de Bingham também gera resistências por ele ter levado 44 mil peças da cidade à Universidade de Yale para pesquisas científicas com a alegação de que seriam devolvidas em 18 meses. Só no mês de maio passado é que foram devolvidas 366 peças.

Sem entrar em polêmica, Cuzco, a antiga capital do império inca, a 110 km de Machu Picchu, abriu as festividades do dia com 21 salvas de canhões.

Em Machu Picchu, no entanto, os turistas que chegavam para visitar a cidade eram presenteados com enfeites e espetáculos de bailes andinos.

Machu Picchu ("Montanha Velha" em quíchua) fica a 2.400 metros de altitude, é uma superfície edificada, toda em pedra, tem 530 metros de largura por 200 de comprimento.

Na noite desta quinta-feira, os festejos serão realizados paralelamente na cidade e em sete praças de Cuzco, com shows e peças teatrais que recordam Pachacútec.

Fonte: http://diversao.terra.com.br/noticias/0,,OI5228409-EI25,00-Peru+comemora+os+anos+da+revelacao+de+Machu+Picchu+ao+mundo.html (07/07/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário