Autoridades mexicanas compram terreno das ruínas maias de Chichén Itzá


Foto: Templo de Kukulcan, em Chichén Itzá: agora, aos cuidados do Estado mexicano

(AFP)

MÉRIDA, México — As autoridades mexicanas chegaram a um acordo para comprar, por 17,6 milhõs de dólares, os terrenos onde estão as ruínas arqueológicas maias de Chichén Itzá, designadas uma das novas maravilhas do mundo, mantidas até hoje pela iniciativa privada.

O governo de Yucatán comprou os terrenos do antigo proprietário legal, Hans Jürgen Thies Barbachano.

O majestoso centro cerimonial maia, visitado a cada ano por milhares de turistas, ocupa 45 dos 80 hectares comprados pelo governo do estado de Yucatán.

Fonte: www.google.com/hostednews/afp (30/03/2010)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CARAL: LO QUE REVELA EL HALLAZGO ARQUEOLÓGICO PERUANO DEL 2016

Símbolos prehispánicos del poder feminino

Confirman hallazgo de una “gran edificación” en las ruinas de Tiahuanaco en Bolivia