sábado, 14 de maio de 2011

MAIS DE 25 SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS SÃO ENCONTRADOS NO CHILE

SANTIAGO DO CHILE, (ANSA) - Funcionários da Corporação Nacional de Desenvolvimento Indígena (Conadi) do Chile descobriram 27 sítios arqueológicos na Ilha Mascard, além de uma sepultura dupla localizada na Baía Douglas, no extremo sul do país.

Os locais encontrados em um território ocupado há milhares de anos pelos indígenas da etnia yagán consistem principalmente em sambaquis, antigas ocupações e acampamentos que a tribo nômade utilizou desde a era pré-histórica até seu contato com a cultura ocidental.

Os sambaquis dos yagán se diferenciam por sua forma tumular e espécies de depressões (urkux) que constituíam a base do toldo (akali), onde os indígenas acampavam e se alimentavam.

Atualmente, essas estruturas se encontram assim como foram abandonadas há mais de cem anos, como afirmou o chefe do Escritório de Assuntos Indígenas de Punta Arenas da Conadi, Nelson Aguilera, que liderou a expedição ao local.

"Ainda que a forma mais exata de determinar a idade de cada local seja através de carbono 14, sua localização nos permite inferir que eles têm entre dois e quatro mil anos", conclui o funcionário, que também ocupa o cargo de secretário coordenador do Conselho de Monumentos Nacionais.

A respeito da sepultura dupla, "seu bom estado de conservação nos faz pensar que poderia pertencer a uma época próxima" a quando eles tiveram contanto cultural com o ocidente, já que contém ossaturas de um casal em idade mais avançada. (ANSA)

Fonte: http://www.ansa.it/ansalatinabr/notizie/fdg/201104271516400081/201104271516400081.html (27/04/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário